O fim do Ciclo e a Civilização Asteca

Esta é a famosa Pedra do Sol um calendário da civilização Asteca. Essa arte foi esculpida em basalto e pesa cerca de 24 toneladas mede aproximadamente 5 metros, estima-se que a pedra tenha sido esculpida no ano de 1.479 e foi encontrado após escavações na Cidade do México em 1790.

Os Astecas assim como os Maias tinham um conhecimento formidável sobre astronomia e conseguiram basear o seu calendário no sol de forma precisa marcando 365 dias. O império Asteca foi dizimado pelo conquistador Hérnan Cortez em 1521.

Não existe registros históricos sobre o “fim do mundo” nos calendários Asteca e Maia, eles falavam em final de ciclos e começo de outros ciclos. Alexandre Guida Navarro da UFMA arqueólogo que já esteve em escavações no México diz o seguinte:

 “Eles não tinham lendas nem mitos tratando do fim do mundo”.

“Ao contrário, os mitos desse povo estão repletos de situações que privilegiaram a criação do universo, dos seres vivos e dos deuses responsáveis por esse acontecimento, mas desprezaram questões associadas à destruição. Eles não acreditavam no fim do mundo simplesmente porque, para essa civilização, o mundo não tinha fim. Ao contrário, ele estava em constante transformação.”

Então devemos ter em mente de que estamos sim no final de um ciclo, todo final de ciclo pode ter ou não catástrofes, mas vão se as vestes e fica a essência. Estamos saindo de um era de trevas e entrando para um era de luz. Celebremos o ínicio da Era de Aquários.

Temos uma estampa bacana em nossa loja virtual. Vai lá e aproveita e conheça outras estampas que temos disponíveis, caso tenha interesse em outra que não esteja disponível nos mande uma mensagem através do formulário.

 Clique aqui para acessar a nossa loja
Clique na imagem para acessar a loja:


Abaixo 3 links para você conhecer melhor essa formidável civilização:

Pedra do Sol Asteca
História da Civilização Asteca
Astecas, Maias e Incas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts